sábado, 10 de julho de 2010

Mudança

Hoje, revendo minhas atitudes impulsivas reconheço que mudei bastante. Estava aflita e havia um fundo de mágoa ou desespero em minha impaciência. E talvez ainda existam gotas daquela vontade exacerbada de mudança. De ter e ser tudo que desejo. Mas, nada aconteceu. Decidi mudar. Não mudei ao meu redor mas mudei dentro de mim. E ainda estou mudando. Aceitando. Deixando acontecer. Apaziguando o coração. Deixando de fazer planos e entregando aos dias a responsabilidade pela minha felicidade.

2 comentários:

Anônimo disse...

Lindo! E principalmente, muito bem escrito.

Carlos Augusto Elias (Carlão) disse...

Lindo! E principalmente, muito bem escrito.